Missionários
Claretianos Brasil

home » Evangelho Meditado

Evangelho Meditado

Quarta-feira, 21 de Abril de 2021

Tema: Santo Anselmo, Bispo e Doutor da Igreja (Memória facultativa)

At 8, 1b-8: Iam por toda a parte, pregando a Palavra.

Sl 65, 1-3a. 4-5. 6-7a (R.1): R. Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira.

Jo 6,35-40: Esta é a vontade do meu Pai: toda pessoa que vê o Filho tenha a vida eterna.

Naquele tempo, disse Jesus à multidão: 'Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim nunca mais terá sede. Eu, porém, vos disse que vós me vistes, mas não acreditais. Todos os que o Pai me confia virão a mim, e quando vierem, não os afastarei. Pois eu desci do céu não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou. E esta é a vontade daquele que me enviou: que eu não perca nenhum daqueles que ele me deu, mas os ressuscite no último dia. Pois esta é a vontade do meu Pai: que toda pessoa que vê o Filho e nele crê tenha a vida eterna. E eu o ressuscitarei no último dia.'

Comentário

Jesus garante comida e bebida imperecíveis para os que acreditamos nele. E aqueles que acreditam nele foram confiados pelo Pai a Jesus. É por isso que eles participarão do mistério da ressurreição, que é o maior ato de amor de Deus por nós. Vê-lo é contemplar a vontade divina, pois ele é a revelação da face do Pai. O crente autêntico, o verdadeiro discípulo de Jesus, o fiel seguidor do Mestre, procurará em tudo cumprir a vontade do Pai. E essa vontade nada mais é do que tornar presente o amor misericordioso de Deus em meio a um mundo traspassado pelo egoísmo, pela ganância, pela injustiça e pela violência. Estar intimamente ligado ao Pai, como Jesus, é transformar o nosso mundo segundo o desígnio salvífico do Pai manifestado na pessoa de Cristo Jesus. É ser promotor de vida, paz e equidade em todas as circunstâncias. Como você traduz a vontade do Pai em sua vida e em sua comunidade de fé?

Santo do Dia

S. Simeão

séc. IV ? \"Simeão? quer dizer \"o Senhor ouviu?, \"o Senhor escutou?


Simeão foi bispo de Selêucida, no reinado de Sapor II. No Concílio de Nicéia, em 325, havia sido declarado metropolita de toda a Pérsia. Em 340, ao explodir a perseguição contra os cristãos, foi preso e levado à presença do rei, diante do qual se recusou a prostrar-se por terra. Diante de sua recusa veemente em renegar a fé e adorar os deuses persas, foi decapitado juntamente com numerosos fiéis. Um a um ele presenciou a execução de seus irmãos na fé.

Calendário - Serviço Bíblico