Missionários
Claretianos Brasil

home » Evangelho Meditado

Evangelho Meditado

Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

1Tm 3,14-16: Grande é o mistério da piedade!

Sl 110: Grandiosas são as obras do Senhor!

Lc 7,31-35: Tocamos a flauta e não dançastes; entoamos lamentações e não chorastes.

31A quem compararei os homens desta geração? Com quem se assemelham? 32São semelhantes a meninos que, sentados na praça, falam uns com os outros, dizendo: Tocamos a flauta e não dançastes; entoamos lamentações e não chorastes. 33Pois veio João Batista, que nem comia pão nem bebia vinho, e dizeis: Ele está possuído do demônio. 34Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e dizeis: Eis um comilão e beberrão, amigo dos publicanos e libertinos. 35Mas a sabedoria foi justificada por todos os seus filhos.

Comentário

Quantas vezes experimentamos a incompreensão e o desprezo quando tentamos fazer presente o Reino em nossa família, em nosso trabalho ou em nossa sociedade? Exatamente isso foi o que padeceram Jesus e João Batista, cada um do seu jeito, que poderíamos considerar até opostos e entretanto os dois foram criticados para poder fechar seus ouvidos, seus olhos e sobretudo seu coração ante a verdade que se lhes anunciava. Hoje recordamos como é importante estar atentos ao que ocorre ao nosso redor nos acontecimentos e nas pessoas que nos rodeiam. É o que chamamos de sinais dos tempos e dos lugares e que podem nos ajudar a tomar "sabiamente" as decisões a seguir, embora às vezes sejam difíceis ou dolorosas mas que afinal de contas nos darão a solução real e profunda para as nossas vidas. A indiferença em tudo pode nos levar à ruína. Comportemo-nos como filhos da sabedoria e não do capricho.

Santo do Dia

S. André Kim Taegón, Paulo Chóng Hasang e seus companheiros

séc. XIX ? mártires da Coréia

Por muito tempo, o catolicismo foi considerado, na Coréia, uma \"religião perversa?, pois suprimia nos convertidos os laços com o passado e com os cultos tradicionais. A essa questão religiosa somou-se também aquela do expansionismo europeu, visto pelo Estado coreano como ameaça às instituições. Se por um lado, isso custou à comunidade cristã cerca de 80 anos (1801-1883) de perseguição, por outro a exaltou com 103 mártires, entre os quais se destacam o primeiro sacerdote, André Kim e o leigo evangelizador, Paulo Chóng, ambos de origem coreana. Antes de ser executado S. André Kim escreveu aos seus fiéis:
Eu vos peço: não deixeis de lado o amor fraterno, mas ajudai-vos uns aos outros, perseverando até que o Senhor tenha piedade de nós e afaste a tribulação (cf. Liturgia das horas, p. 1297, v. IV).

Calendário - Serviço Bíblico