Missionários
Claretianos Brasil

home » Evangelho Meditado

Evangelho Meditado

Terça-feira, 25 de Janeiro de 2022

Tema: Conversão de São Paulo (Festa)

At 22,3-16: Levanta-te, recebe o batismo e purifica-te dos teus pecados, invocando o nome de Jesus.

Sl 116(117),1-2 (R. Mc 16,15): R. Ide, por todo o mundo, a todos pregai o Evangelho.

Mc 16,15-18: Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho.

Naquele tempo, Jesus se manifestou aos onze discípulos, e disse-lhes: "Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado. Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas; se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados".

Comentário

Às vezes, em ambientes eclesiais, sociais ou políticos, por exemplo, pensamos que devemos ser fiéis às instruções ditadas por pessoas em posição de autoridade, como aconteceu com Paulo antes de seu encontro transformador com Jesus. Qualquer pessoa que tem este encontro com Jesus e sua causa, pode experimentar uma espécie de choque que questiona seu comportamento. Às vezes, sem perceber, agimos por imitação, hábito ou distração, sem realmente pensar se nosso comportamento prejudica ou afeta as pessoas ao nosso redor. Podemos adotar comportamentos para nos defender e sobreviver, mas a vida sempre será chamada a relacionamentos puros, sem medos e complexos. A vida nunca será uma linha contínua sem dificuldades; para um crente, os momentos de crise serão o momento de purificar e reorientar a caminhada. Uma atitude constante de "metanoia" (conversão a partir de dentro) é necessária para descobrir a vontade de Deus. O que você faz em uma crise? Você simplesmente se apega às suas garantias ou se abre à ação de Deus? Confia! Ele te acompanha!

Santo do Dia

Conversão de S. Paulo

séc. I ? apóstolo e mártir ? protetor dos náufragos e invocado 
contra as tempestades nos mares

Paulo nasceu em Tarso, Cilícia  (At 21,39). Cresceu em berço observante das tradições farisaicas (2Tm 1,3; Fl 3,5-6). Seus antepassados provavelmente eram da Galileia, da tribo de Benjamim (Fl 3,5ss). O próprio nome \"Saulo?, comum entre os descendentes de Benjamim, liga-se ao de \"Saul?, o primeiro rei dos judeus. Era comum entre os judeus que gozavam da cidadania romana ter dois nomes, um hebraico e outro latino ou grego. Daí o segundo nome \"Paulo? (At 22,26-28), adotado por ele em sua pregação junto aos gentios. Como bom judeu, desde pequeno, Saulo teve de aprender um ofício, tornando-se \"fazedor de tendas? (At 18,3). Perseguidor intransigente dos cristãos, um dia, a caminho de Damasco, foi barrado e derrubado ao chão pelo Senhor, que lhe dirige as célebres palavras:  \"Saulo, Saulo, por que me persegues?? Sua conversão não foi resultado de uma busca racional, mas fruto do poder de Deus em sua vida (Gl 1,12-15; 1Cor 15,10). 

Calendário - Serviço Bíblico