Prefeitura de Formação

 

A formação dos missionários claretianos é organizada em etapas que compreendem um processo integral e de amadurecimento pessoal, comunitário e eclesial. Iniciada com o despertar vocacional, a formação propõe um caminho de conhecimento e vivência dos carismas claretianos, para que a pessoa vá se configurando a Cristo, pelo testemunho de Claret.

 

As fases são:

  1. a) pré-noviciado;
  2. b) Seminário Menor;
  3. c) Postulantado;
  4. d) Noviciado;
  5. e) Formação permanente na missão.

 

O Prefeito de Formação e sua equipe de formadores, conforme o Diretório da Congregação (n. 248-251), entre outras características, devem ser pessoas com maturidade humana, vida espiritual séria e amor à Congregação e à sua própria vocação.

 

Os deveres do Prefeito de Formação são:

  1. a) amar igualmente a todos e conhecer as necessidades de cada um;
  2. b) inspirar aos formandos, com sua vida e suas palavras, o amor à Igreja e à Congregação e apresentar sua vida e missão no mundo;
  3. c) ajudar pessoalmente os formandos a apoiarem-se em sua vocação e a vivê-la com alegria;
  4. d) coordenar todos os aspectos da formação;
  5. e) fomentar a responsabilidade e a disciplina interior de cada formando e animar a comunhão de vida entre todos.

 

Compartilhar:

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR!