A formação a serviço da missão

 

Conforme a Exortação do XXVI Capítulo Geral, a nossa vocação para a vida missionária exige

uma identificação crescente com Jesus Cristo e um progresso constante, tal como desejava o nosso Pai Fundador. Essa consciência se manifesta no cuidadoso processo de elaboração do Plano Geral de Formação, promulgado em 2020.

 

Na formação inicial, o Projeto leva em conta dimensões importantes para a nossa vida missionária:

escuta, acolhida e anúncio da Palavra; o cuidado com a nossa vida afetivo-sexual; questões relacionadas à Solidariedade e Missão; disponibilidade para a missão universal da Congregação; as atitudes que favorecem os encontros interculturais; preparação para o apostolado na mídia e no continente digital…

 

Damos graças a Deus pelos formadores e membros das comunidades formadoras da Congregação, que se dedicaram a este ministério com perseverança e generosidade, e aos Organismos Maiores que o facilitaram.

 

A Escola Coração de Maria prestou serviços valiosos, mesmo nessa época de pandemia; da mesma forma, nossas Províncias, Delegações e Conferências ofereceram iniciativas adequadas.

Nossos centros superiores e institutos de vida consagrada e suas publicações continuam a oferecer à Igreja uma contribuição altamente qualificada neste campo.

 

Nos últimos anos, a Congregação fez um grande esforço para coordenar a especialização dos missionários segundo os sinais dos tempos e dos lugares.

Compartilhar:

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR!