PE. LAURINDO SMANHOTTO

Data de Nascimento:

25/09/1929

Falecimento:

Falecimento: 03/03/2024 (94 anos)

Cidade:

Batatais, SP, Brasil

As lembranças são as estrelas que iluminam o céu de nossa saudade. Os Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria, Missionários Claretianos, prestam sincera homenagem ao Pe. Laurindo Smanhotto, o homem que dedicou sua vida à fé e ao serviço da comunidade.

Com pesar, a Província Claretiana do Brasil se despediu do Pe. Laurindo Smanhotto que faleceu no dia 03 de março de 2024. Desde fevereiro de 2023, Pe. Laurindo estava sob cuidados médicos e de outros profissionais de saúde, na residência da Comunidade de Batatais, SP. No início de 2024, Pe. Laurindo sofreu uma queda, fraturando o fêmur e foi internado na Santa Casa da cidade, sendo submetido a uma cirurgia que foi exitosa. Recebeu alta e voltou para casa. Passados alguns dias de recuperação, retornou ao hospital, onde faleceu.

Seu corpo foi trasladado para Araçatuba, SP, onde recebeu as reverências dos fiéis da Paróquia na qual serviu por muitos anos. Foi sepultado no jazigo dos missionários claretianos, estando presente o Superior Provincial, Pe. Eguione Nogueira Ricardo.

Dados biográficos

Laurindo Smanhotto nasceu na Vila de Santa Felicidade, Curitiba, PR, em 25 de setembro de 1929, filho de Luiz Smanhotto e Magdalena Zanotto, batizado em 06 de outubro do mesmo ano. Foi crismado em 23 de março de 1936, pelo Arcebispo Metropolitano de Curitiba, Dom Altivo Eusébio da Rocha, na Paróquia de Santa Felicidade.

Entrou no Seminário em 25 de janeiro de 1943, em Rio Claro, SP. Realizou o noviciado em Guarulhos, SP, a partir de 1 de fevereiro de 1949, tendo como mestre de noviços Pe. José Gonzales Raposo. Realizou sua primeira profissão em 02 de fevereiro de 1950, em Guarulhos, sendo o Superior Provincial Pe. Mariano Frias. Também em Guarulhos, cursou a Filosofia. Em 02 de fevereiro de 1953, emitiu sua profissão perpétua na Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria. Durante a Teologia, em 05 de dezembro de 1954, em Curitiba, PR, recebeu o Ostiariado e Leitorado; em 25 de fevereiro de 1956, o Exorcistado e Acolitado; em 16 de julho de 1961, recebeu a Ordem do Subdiaconato; em 26 de novembro de 1961, a do Diaconato, na Catedral. E, em 23 de dezembro de 1961, na Igreja Coração de Maria, recebeu a Ordem do Presbiterato, sendo ordenante o Arcebispo de Curitiba, Dom Manuel da Silveira D´Elboux.

Não há uma cronologia por onde passou e nem quais os serviços que exerceu. Consta, em 25 de abril de 1986, sua transferência para a Comunidade de Curitiba, pelo Superior Provincial, Pe. Helmo César Faccioli. Em 1 de agosto de 1991, o Governo Provincial aceitou seu pedido, concedendo-lhe a devida licença para se ausentar da vida comunitária. Ele foi acolhido na Diocese de Lins, por Dom Irineu Danelon, a título de experiência. Depois disso, teria sido transferido para a Comunidade de Paranatinga, MT, onde permaneceu por pouco tempo, retornando, por conta própria, à Comunidade de Araçatuba, SP. Nesta ocasião, houve conflito comunitário que o fez solicitar a exclaustração. Em 14 de outubro de 1992, Pe. Laurindo obteve do Governo Geral indulto de exclaustração, assinado pelo Secretário Geral, Pe. Gaspar Quintana, CMF. Então, Dom Irineu o destinou à igreja em Coroados, SP. Em 10 de outubro de 1995, o Governo Provincial o considerou reintegrado à Província e, em regime de exceção, ele pôde continuar atendendo pastoralmente a Paróquia Santo Antônio, na cidade de Coroados, Diocese de Araçatuba, SP, até 31 de dezembro de 1996.

Em 25 de novembro de 2008, Pe. Laurindo foi nomeado Vice-Superior da Comunidade de Araçatuba, para o triênio que iniciou em janeiro de 2009, tendo como Superior Provincial Pe. Oswair Chiozini. Com data de 15 de dezembro de 2011, Pe. Laurindo foi nomeado vigário paroquial da Paróquia Coração de Maria, para o triênio que teve início em janeiro de 2012. Em 20 de dezembro de 2014, foi nomeado vigário paroquial das Paróquias Coração de Maria e São Sebastião, de Araçatuba, SP, pelo Superior Provincial, Pe. Marcos Aurélio Loro. Em 15 de dezembro de 2017, o mesmo Superior Provincial o confirmou como vigário paroquial da Paróquia Coração de Maria, de Araçatuba. E, em 02 de fevereiro de 2023, Pe. Marcos Aurélio Loro o transferiu para a Comunidade de Batatais, onde teve assistência médica e de outros profissionais.

Que o Imaculado Coração de Maria o conduza aos braços do Bom Pastor, para que obtenha de Deus a felicidade, a luz e a paz!